Qual a estratégia certa para vender biquíni na internet?

Com quase 11.000 quilômetros de litoral e clima tropical, o Brasil sempre está para praia – tanto para nativos quanto para estrangeiros. Assim, não é difícil imaginar que o mercado de biquíni e moda praia no Brasil é sempre aquecido, movimentando cerca de 1,5 bilhões de reais por ano – Seja em lojas físicas ou internet.

Com a pandemia do novo coronavirus limitando a circulação de pessoas, as vendas pela internet tiveram um crescimento histórico – e isso incluiu a venda de biquínis e beachwear online.

A internet, no entanto, é um lugar muito vasto; e para garantir que seus produtos vão chegar aos olhos de seu público é preciso montar algumas estratégias. Para te ajudar nisso, montamos esse guia com as principais dicas de como vender biquínis na internet.

Escolha bem um nicho e entenda o seu público-alvo

Para traçar uma boa estratégia para vender biquíni na internet é, antes de tudo, definir seu público alvo – ou seja, a quem seus produtos serão direcionados. Qual a faixa de idade? Quais os tamanhos? Quais tendências?

Por exemplo: você pretende vender para o público jovem geral? Ou almeja alcançar nichos mais específicos, como o de mulheres mais velhas e/ou modelos plus size? Ou deseja vender para crianças?

Muitas pessoas acham que vender para o público geral traz lucro mais rápido – mas isso não é necessariamente verdade. Algumas mulheres tem muita dificuldade de achar modelos de biquíni que sirvam, e estariam dispostas a pagar qualquer preço caso achassem modelos que servissem. Assim, atender a nichos menores pode trazer muito lucro também.

Qual é a plataforma certa para vender biquíni na internet?

Instagram

Com mais de 1 bilhão de usuários, o Instagram se apresenta como uma ferramenta muito eficaz de marketing e venda. Segundo estatísticas do próprio aplicativo, 60% das pessoas disseram que descobrem novos produtos através dessa plataforma.

O Instagram é uma das melhores vitrines para quem quer vender biquíni na internet!

O anúncio de produtos no Instagram é gratuito, o que o torna uma boa opção para vender biquínis. Além disso, as contas comerciais ainda possuem recursos que medem o nível de engajamento em cada post, o que ajuda o vendedor a conhecer o perfil de seus clientes.

Dessa forma, antes de tudo, você deve criar uma conta comercial e adicionar uma biografia, para que as pessoas saibam do que sua página se trata. Nela, você também pode inserir outras informações, como localização, links para WhatsApp ou loja virtual, e-mail, entre outros.

Em seguida, você pode incluir as fotos dos seus produtos com o preço na descrição; contudo, evite o famoso “inbox”, pois isso faz com que muitos potenciais clientes desistam da compra. Cuide para que as fotos sejam bonitas e de boa qualidade, com cores harmoniosas, para chamar a atenção. Em seguida, adicione hashtags relevantes e, de preferência, a localização.

Além disso, é válido lembrar que sua página não deve ser apenas de anúncios, mas também de produção de conteúdo, para que as pessoas permaneçam engajadas. Dessa forma, você pode intercalar posts de marketing com posts sobre tendências, dicas para uso e cuidado com o produto, entre outros.

Por fim, não se esqueça de interagir com os clientes – responder mensagens, pedir por sugestões e feedbacks, compartilhar informações dos “bastidores”, responder dúvidas, etc. Isso faz com que as pessoas se sintam próximas da marca, o que aumentam as chances de compra.

WhatsApp

O WhatsApp é um aplicativo muito popular, que caiu no gosto das massas justamente por sua praticidade. Ao usá-lo como ferramenta para vendas, você garante um atendimento direcionado e personalizado, o que acaba por atrair muitos clientes.

Felizmente, já existe uma versão desse app voltada unicamente para negócios – o WhatsApp Business. Assim como o Instagram, a versão comercial fornece algumas métricas para monitorar a reação dos clientes aos anúncios. Por exemplo, você poderá saber quantas mensagens foram enviadas, quantas foram entregues e quantas foram lidas.

Além disso, outros recursos incluem mensagens automáticas e etiquetas para marcar contatos. E não pense que você vai precisar sair por aí distribuindo seu número de telefone: o cliente pode acessar a conta comercial através de um link.

Contudo, você não deve cair no erro de criar um grupo com todos os seus clientes, uma vez que as pessoas tendem a ignorar mensagens em grupos. Assim, a melhor opção é montar uma lista de transmissão e mandar mensagens de ofertas e demais anúncios de forma individual. Afinal, quanto mais exclusivo o cliente se sentir, maiores são as chances de compra.

Você deve, ainda, criar um catálogo – um outro recurso presente na versão do WhatsApp Business. Com ele, você poderá inserir fotos de todos os produtos e seus preços, e essas informações estarão disponíveis de maneira simples. Isso facilitará não só para os clientes, mas também para você, já que não vai precisar mandar fotos uma a uma de todos os seus biquínis.

Mercado Livre

Escolher um site de vendas para anunciar seus biquínis oferece mais conforto e praticidade. Afinal, você não precisará gastar tanta energia anunciando os produtos e ofertas e criando conteúdo. Além disso, as formas de pagamento são mais variadas e seguras, e há a possibilidade de frete grátis ou cupons – o que enche os olhos de muitos clientes.

O Mercado Livre oferece três tipos de contas de vendedor: a versão gratuita e as versões pagas, clássica e premium. Na primeira, o anúncio só fica disponível no site por 60 dias, e sua visibilidade no site é limitada.

Já na clássica, seu produto terá maior destaque e o tempo do anúncio é ilimitado. No entanto, a plataforma cobra uma taxa de 11 a 14% do lucro do produto se o preço deste for acima de R$ 79,00; caso esteja abaixo desse valor, cobra-se mais R$ 5,oo por unidade.

Da mesma forma, na conta premium, seu produto terá ainda mais visibilidade. Porém, as taxas vão de 14 a 19% para produtos acima de R$ 79,00, com taxa adicional de R$ 5,00 caso esteja abaixo deste valor.

Shopee

O Shopee é um aplicativo que tem se tornado muito popular, principalmente por suas promoções de frete grátis, cupons e formas de pagamento variadas. Com o número crescente de usuários, não é difícil imaginar que, ao anunciar seus produtos nesse aplicativo, as chances de alguém encontrar sua loja aumentam.

Da mesma forma que o Mercado Livre, você deverá criar uma conta de vendedor e adicionar fotos dos seus biquínis com os preços na descrição. Contudo, a diferença é que, enquanto o Mercado Livre possui diferentes planos de anúncios para o vendedor, a Shopee cobra uma taxa fixa de 12% do lucro do produto.

Modelos de biquíni para vender muito em 2021!

E vamos de tendências! Para a moda praia verão 2021-2022, estão em alta cores fortes e vivas, muitas estampas diferentes e modelos diferentões, inspirado no street style.

Algumas cores vibrantes de biquínis para apostar nessa estação são o vermelho, o amarelo, o laranja e o pink. Além disso, a textura metalizada também estará em alta nesse verão, cuja tendência é resgatar a moda colorida dos anos 80.

Quanto às estampas, teremos uma grande variedade surfando na crista da onda do momento. Os queridinhos animal print e o tie-dye, por exemplo, seguem em alta, trazendo paletas não tradicionais com cores mais vivas. Além disso, ainda teremos o floral e o xadrez Vichy, que entram para enriquecer ainda mais os looks praianos.

Os modelos de tops e calcinhas trarão um ar retrô ao visual, inspirado em ícones como Brigitte Bardot. Assim, para as calcinhas, estarão em alta os modelos asa delta e os de cintura alta, cavados ou em estilo hot pants. Já para os tops, as atrações dessa estação serão os modelos meia taça e em triângulo, representando a releitura da moda do século passado.

Uma outra tendência muito forte será a presença de elementos do vestuário do dia a dia nos biquínis. Recortes no tecido, argolas, fivelas, faixas, babados, aviamentos e tule são alguns exemplos de detalhes que marcarão presença na moda praia desse ano.

Conheça algumas das melhores tendências diretamente no catálogo Diana Fashion clicando aqui!

Como escolher fornecedor de biquíni no atacado

O maior erro que qualquer comerciante pode cometer é escolher seu fornecedor levando em conta apenas o melhor preço. Afinal, um preço menor pode vir acompanhado de muita dor de cabeça – e no final, sua economia trará prejuízo ao invés de lucros.

Assim, antes de escolher o fornecedor, pesquise sobre a qualidade dos produtos, prazo de entrega e avaliações de quem já usufruiu do serviço. Uma vez conferida a confiança, considere as ofertas e a flexibilidade dos pagamentos, bem como a possibilidade de parcerias.

Conheça da Diana Fashion – referência em biquínis no atacado

Se você quer vender biquíni na internet, você precisa de um fornecedor de qualidade!

A Diana Fashion é uma loja atacadista especializada em moda praia e fitness, oferecendo modelos e estampas exclusivas e para todos os gostos. Há mais de 15 anos no mercado, nossas avaliações estão entre as melhores do ramo, com milhares de clientes satisfeitos.

Os pedidos podem ser feitos pelo WhatsApp (11) 95186-6788 ou em uma de nossas lojas físicas no Brás, na cidade de São Paulo, e contamos com as mais variadas formas de entrega. Venha nos conhecer!